sábado, 7 de dezembro de 2019

CRISTO, NOSSOS OLHOS E NOSSO OLHAR

Por Pr. Rafael Gomes

Olhando fixamente para o Autor e Consumador da fé: Jesus, o qual, por causa do júbilo que lhe fora proposto, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus. (Hebreus 12.2)

Desde que o pecado penetrou vorazmente o coração dos homens; desde que esse homem se tornou completamente depravado e destituído da glória do Pai (Romanos 3.23); desde que o ser criado corrompeu a imagem do Deus Criador em imagem de criatura (Romanos 1.21-23); desde que a nossa justiça se tornou em trapo de imundice e nos afastamos do ideal de Deus para nossas vidas (Isaías 64.6), nossos olhos passaram a mirar aquilo que abastece a nossa carne, e não o nosso espírito. Desde então somos escravos da cobiça, desejando o que não convém, e guerreando pelos prazeres da carne (Tiago 4.1-3) e não pelas riquezas celestiais contidas no Amado (Efésios 1.3 - todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo).

Nossos olhos, como órgãos de um corpo degenerado pelo pecado, também precisam ser treinados, doutrinados a fazerem o que é certo. Olhar fixamente para Jesus implica em um exercício contínuo de doutrinação do olhar, pois:

1. Cristo é o nosso destino, e por isso devemos olhar para frente (Filipenses 3.14 - prossigo para o alvo[...]), para a direção do nosso alvo (Provérbios 4.25); Olhar à volta é o mesmo que tentar buscar coisas melhores fora de Cristo, e esse foi o pecado de Eva (Gênesis 3.26 - muito atraente aos olhos), do qual somos herdeiros, na carne;

2. Não olhar para Cristo implica em olhar para qualquer outro alvo mundano, e isso nos leva a desejarmos o que não convém (1João 2.16), cobiçando e pecando contra o Senhor.
A palavra de Hebreus vem na contra-mão do nosso comportamento herdado e aprendido. Somos completamente vulneráveis à cobiça dos olhos, citada por João. E o pecador, será sempre vulnerável aos desejos iníquos, por aquilo que nossos olhos contemplam. Onde os teus olhos têm repousado? Onde está mirado o teu olhar? O autor de Hebreus nos encaminha para um olhar fixo em Cristo, sabendo que Ele concentra tudo o que há de mais virtuoso e benevolente, sendo Ele mesmo a imagem perfeita do Deus Todo-Poderoso (Colossenses 1.15). Para onde olhar se não para a glória dEle?

3. Por fim, o profeta Isaías nos alerta para o fato de que Cristo não tem semelhança com as belezas mundanas, e que por isso muitos virariam o rosto, desviando o olhar dEle (Isaías 53.3 - o mais rejeitado entre os homens [...] como um de quem os homens escondiam o rosto [...]). Isso é explicado pelo próprio profeta ao ressaltar as características do Filho de Deus em “era desprezado[...]homem de dores, experimentado no sofrimento[...]”; e também pelo autor de Hebreus, ao dizer “por causa da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz[...]suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo[...]” (Hebreus 12.2,3). Essa realidade está diretamente ligada ao fato da nossa segurança não estar firmada nos padrões terrenos, mas naquEle que venceu a morte, para nos dar com Ele a vida. Por Ele ser Autor e Consumador da nossa fé, a Fonte e o Destino, o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, por Ele ser o Caminho, a Verdade e a Vida, por isso, nossos olhos precisam estar nEle; pois estar em qualquer outra pessoa ou em qualquer outra coisa, redundaria em pecado e em perdição; afinal, para onde iremos se Ele é a Palavra e a Vida está nEle (João 6.68 - só tu tens as palavras de vida eterna)?

Concluindo, falamos em doutrinar nosso olhar pois se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz, sendo eles a candeia do corpo (Mateus 6.22,23). Olhar fixamente para Cristo não faz parte do nosso modus operandi como pecadores. É uma disciplina a ser desenvolvida com muito esmero, muita reflexão, muito auto-exame e arrependimento. Precisamos aprender, urgentemente, a praticarmos esse comportamento, pois qualquer outra coisa que miremos, já denuncia que estamos buscando vida e prazer fora dEle.

Que Ele nos ajude a desenvolvermos essa disciplina, levando-nos pelo Espírito a fixarmos nossos olhares nEle! Amém!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário. Ficaremos felizes em poder contar com a sua opinião.